A Estrela das Luas cheias: Super Azul Sangue – Lua em Leão

2648 0
A Estrela das Luas cheias - Mystic Attitude

Provavelmente você vai pensar: “outra forma absurda de querer chamar atenção sobre acontecimentos astrônomicos insignificantes, e talvez seja isso, mas atenção! Não é por acaso a sintonia com a energia dessa lua cheia em Leão? Sem desprezar os filhos do Sol, nem os seus méritos, que são muitos.

Todos sabemos como eles amam ser o centro da atenção. Como o seu planeta regente é ninguém menos do que o Astro Rei, o Sol, eles costumam facilmente organizar em torno de si uma festa, uma reunião, um momento de troca energética e criativa, em que, graças ao seu carisma natural podem facilmente serem distinguidos pelo seu brilho, ao mesmo tempo que administram de forma hábil a energia do momento, e, no melhor dos casos, fazem com que todos se divirtam.

E parece que no caso dessa lua cheia, eles realmente conseguiram isso! Na

Quarta-feira 31, 13:28 UT, será uma grande acontecimento: para começar, será a segunda lua cheia do mês de Janeiro, por isso é chamada de Lua Azul. As Luas Azuis acontecem mais ou menos a cada dois anos e meio, na média.

Além disso, quando a Lua Cheia ou Nova  produzem ao mesmo tempo que a máxima aproximação da Lua até a Terra, por isso esse dia se chama: Super Lua.

Quando isso acontece, a Lua pode parecer grande e ainda mais brilhante, quando a Lua está a menos de 90% da sua máxima aproximação da Terra em uma órbita determinada. Esta é uma definição bastante generosa, que pode permitir 4 a 6 super luas em média em um ano. As luas cheias parecem 14% maiores e 30% mais brilhantes que as luas cheias que estão perto do apogeo na órbita lunar.

O que faz essa lua tão especial é que ela também vai contar com um eclipse lunar total, com uma totalidade visível desde o oeste da América do Norte através do Pacífico, até o leste da Ásia. Em certas áreas do mundo, no dia 31 de Janeiro, a Lua vai perder o seu brilho e vai adquirir um resplendor misterioso, mais fraco do que o normal, devido a essa escassa luz solar que atravessa a atmosfera da Terra. Frequentemente, tem um tom avermelhado devido a forma com que a atmosfera reflete a luz, mas as luas totalmente eclipsada às vezes se chamam também de: “Luas de Sangue”. Devido à acumulação de peculiaridades e título de nobreza, essa lua foi nomeada algo parecido a “Super Azul Sangue Lua Cheia em Leão”.

Mas o que essa lua nos diz?

Normalmente dizemos que as luas cheias finalizam o que as luas novas começam. Se olharmos para o período da última lua nova em Capricórnio, com 6 planetas nesse signo e em particular em Saturno, seu regente, pela primeira vez em seu próprio signo há 29 anos. Nos fala de dar forma ao que precisa ser manifestado, um projeto, uma etapa, a sua própria estrutura. Nos dá uma lição de disciplina e de prática constantes, perseverança, o esforço constante da cabra subindo a montanha, que é o que nos fará verdadeiros mestres nas alturas, e vai nos dar uma visão mais ampla do panorama. O que vai acontecer quando a cabra chegar lá em cima, no seu momento de plenitude? Ela vai se transformar em leão diante da lua cheia, e vai rugir a verdade.  

Capricórnio é um signo cardinal, e portanto nos impulsa a agir. Com Vênus, o Sol, a Lua, Plutão, Mercúrio e Saturno em Capricórnio, podemos assumir que o espírito dessa lua é ativar e tomar atitudes. Com frequência, Saturno nos deixa muito consciente da nossa limitação, e é por isso que a Lua cheia em Leão vem para nos mostrar que a nossa criatividade, aquilo que nos faz sermos seres únicos, é uma fonte de energia para beneficiar à comunidade, e para tomarmos atitudes diante dos problemas que nos queixamos e também para solucioná-los.

Sermos nós mesmos é a nossa responsabilidade, não há ninguém que possa fazer isso por nós. Como seres vivos, desde o ponto de vista anatômico, vertebrados e bípedes que somos, deveríamos Sustentar o nosso centro, não abandoná-lo, não deixar ele cair, não deixá-lo nas mãos de ninguém mais. Devemos habitar o nosso centro, eixo dos nossos movimentos, nosso Chi, energia vital, desde o qual podemos agir de forma mais eficiente.

Essa lua também fala sobre amadurecimento: ambos os signos Capricórnio e Leão se diferenciam fortemente de Câncer, e ambos buscam a independência e a evolução da sua individualidade. Eles não se resignam a ser o resultado de uma família, mas fazem o seu próprio caminho. Como posso a minha criatividade e auto-expressão para crescer, valorizar-me e mudar o que não serve para mim? O que eu preciso mudar na minha vida cotidiana para ser cada vez mais eu mesmo? No caso do artista, qual é a porcentagem de trabalho duro, e qual é a de inspiração? Estou esperando que chegue o meu momento para brilhar ou estou trabalhando para cada dia que a inspiração chegar, ele vai me encontrar pronto?

Como é a relação entre a Lua e Leão?

Poderíamos dizer que a Lua-Câncer, e o Sol-Leão estão intimamente vinculados.

Ainda que sejam energias opostas, representam também a carta da Mãe e do Pai. Nossa configuração família – indivíduo, nome-sobrenome, e qualquer outra associação. Mas a Lua está a vontade com esse signo? Na verdade não, é um lugar muito incômodo para o Ego.

A Lua em Leão natal é emocionalmente orgulhosa, generosa, confiante, dominante,

brincalhona, precisa se sentir especial e não gosta de ser ignorada ou desprezada. Ao mesmo tempo, aqueles que tem a lua em Leão Natal normalmente se refugiam na admiração e no aprecio das pessoas mais próximas, e se transformam em animadores de festas e de encontros familiares, mas não é fácil levar o seu talento ao mundo exterior. Podem ser bastante suscetíveis e se sentirem feridos ou ameaçados diante de qualquer agente externo que ameace o seu domínio territorial, já que não são expansivos, têm medo de invasão. Os pequenos gestos e reconhecimentos são suficientes para que eles possam se sentir os reis da casa, e portanto são generosos, bom anfitrião, além de ter um gosto impecável.

Quem pode se sentir identificado com esta energia?

Se temos muitos planetas em Leão, os da Casa V também podem ser contagiados com essa energia. Aquelas pessoas cujo Sol esteja interceptado pela Lua, ou que estejam na Casa IV. Ou cuja Lua esteja na Casa V, ou o Sol em Câncer, também tem de alguma forma vinculadas essas energias, ainda que nem sempre são manifestadas da mesma maneira.

Outros aspectos que podem serem afetados por este trânsito

Se temos planetas ou pontos-chaves (Ascendente / Descendente) em torno dos 12º graus de Leão-Aquário, ou de outro signos fixos, Touro ou Escorpião.

Perguntas para meditar com estes aspectos:

Qual é o vínculo entre a sua mãe e seu pai? Você tomou partido ou se identificou com algum deles? Você herdou conflitos entre eles que você vê repetido nos seus próprios vínculos?
Como se relacionam a sua auto-expressão e seu estado emocional?
Você dá importância suficiente para os seus afetos?
Qual é a energia do seu lar e da sua vida afetiva?
Você se sente valorizado na sua casa?
Você sente que as suas necessidades de reconhecimento e auto-expressão são satisfeitas?
Você é suficientemente criativo?
As suas “caras” na intimidades estão dissociadas com o exterior?
Você se aprofunda nos seus sentimentos ou fica na superficialidades e nas aparências?
Em que momentos você sente que o seu orgulho foi ferido? Em quais momentos você sente o peito inchado e se sente apreciado? Você é muito dependente desse tipo de emoção?
Você se sente segura com você mesma, ama o que você é? Em que momentos você busca ser outra pessoa?

Nenhum comentário on "A Estrela das Luas cheias: Super Azul Sangue – Lua em Leão"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *